01:06h • 12 de Dezembro de 2018
Alterar Senha
Esqueci minha Senha

Notícias

Arion Rolim Pereira é eleito presidente do Conselho Nacional dos Corregedores Gerais

Eleição ocorreu na manhã desta sexta-feira (25)

25/11/2016

O associado e Corregedor-Geral do Ministério Público do Paraná, Arion Rolim Pereira, foi eleito presidente do Conselho Nacional dos Corregedores Gerais do Ministério Público - CNCGMP, na manhã desta sexta-feira, 25 de novembro. A eleição para o biênio 2017/2018 foi realizada em Belém, no Pará, durante o encontro dos corregedores do Estado e da União.

Pela primeira vez em sua história, o Conselho terá um presidente do estado do Paraná. Arion, que tomará posse em janeiro de 2017, comentou sobre o resultado. “É um prestígio ter a presidência com o Estado do Paraná. Esse reconhecimento é fruto do nosso trabalho no Ministério Público do Paraná”, afirma.

Em nome da Associação Paranaense do Ministério Público, o presidente Cláudio Franco Felix parabenizou o associado pela importante conquista. “Merecido reconhecimento pelo eficiente e correto trabalho realizado como Corregedor-Geral do Ministério Público do Paraná. Arion estará elevando o nome de nossa Instituição, o que nos deixa extremamente orgulhosos”, afirma.

Confira a nova diretoria eleita:

Presidente - Arion Rolim Pereira (Ministério Público do Paraná)

1ª Vice-Presidente - Vera Lucia Pacheco Ferraz de Arruda (Ministério Público de Rondônia)

2º Vice-Presidente - Pedro Elias Erthal Sanglard (Ministério Público de Rio de Janeiro)

1º Secretário - João Rodrigues Filho (Ministério Público do Tocantins)

2º Secretário - Maurício Correia de Mello (Ministério Público do Trabalho)

Diretor financeiro - Marcos Antonio Martins Sottoriva (Ministério Público do Mato Grosso do Sul)

Diretor de Comunicação Social - Paulo Roberto Moreira Cançado (Ministério Público de Minas Gerais)

 

Sobre o Conselho Nacional dos Corregedores-Gerais do Ministério Público

O Conselho Nacional dos Corregedores Gerais do Ministério Público dos Estados e da União foi instituído em Corumbá, Mato Grosso do Sul, em 25 de março de 1994. O CNCGMP tem como objetivo contribuir para a defesa dos princípios, prerrogativas e funções institucionais do Ministério Público, incentivar a integração das Corregedorias Gerais do Ministério Público dos Estados e da União, além de promover o intercâmbio de experiências funcionais e administrativas.

O Conselho ainda busca promover o intercâmbio entre os métodos de correições, inspeções e levantamentos estatísticos das atividades das Promotorias e Procuradorias de Justiça, eleger metas e estabelecer diretrizes relacionadas ao aperfeiçoamento funcional dos integrantes da instituição, promover estudos relacionados à natureza e conteúdo das infrações de caráter disciplinar, observadas as legislações estaduais e federal, entre outros.