15:31h • 23 de Outubro de 2018
Alterar Senha
Esqueci minha Senha

Notícias

Associados participam de curso na Universidade de Palermo, na Itália

12 associados fazem o curso "Organização Criminal Mafiosa e Lavagem de Dinheiro"

19/06/2018

Delegação de associados da APMP composta por 12 (doze) membros do MPPR participa do curso “Organização Criminal Mafiosa e Lavagem de Dinheiro”, de 18 a 22 de junho, na Universitá Degli Studi di Palermo, na Cidade de Palermo, Sicília, Itália.

São participantes do curso os associados: Bernardo Marino Carvalho, Cristiane Podgurski, Emiliano Antunes Motta Waltrick, Fabrício Drumond Monteiro, Humberto Eduardo Pucinelli, Lucas Franco de Paula, Marcello Augusto Cleto Melluso, Melissa Cachoni Rodrigues, Murilo Cezar Soares e Silva, Nayani Kelly Garcia, Raimundo Nogueira Soares e Ricardo Augusto Farias Monteiro.

Por meio de cooperação entre a APMP e a Universidade de Palermo, promovida pelo Presidente Cláudio Franco Felix e pela Diretora da APMP Melissa Cachoni Rodrigues, as vagas foram disponibilizadas para participação de membros do MPPR, por meio de inscrições abertas a todos os interessados.

As aulas no período da manhã são compostas por sessões expositivas de 04 (quatro) horas/aula por dia, abordando os seguintes temas sobre IL CONTRASTO IN ITALIA ALLE ORGANIZZAZIONI CRIMINALI MAFIOSA: 

I. I profili strutturali;

II. Il riciclaggio dei proventi illeciti;

III. Le altre manifestazioni illecite;

IV. L'ablazione dei proventi illeciti;

V. Gli strumenti investigativi, processuali e penitenziari.

Já nos turnos vespertinos, ocorrem workshops, nas seguintes instituições:

a) Fundação Antimáfia Giovanni Falcone;

b) Departamento de Polícia de Combate à Máfia;

c) Banco da Itália e Departamento de Combate à Lavagem de Dinheiro;

d) Corte de Palermo.

Este curso criminal de alto nível, voltado a Juízes Federais, Promotores e Procuradores de Justiça, objetiva o aperfeiçoamento de membros do Ministério Publico e da Magistratura e busca fortalecer a comunidade brasileira no combate ao crime organizado com as experiências investigatórias italianas.

O foco do programa é o sistema de justiça criminal “Anti-Máfia”, com aulas sobre a dogmática penal da criminalidade organizada do tipo mafiosa (ênfase na parte especial do Código Penal italiano); lavagem de dinheiro; espécies de criminalidade organizada do tipo mafiosa, além de aspectos processuais e de execução penal referentes a esse fenômeno criminológico. 

A Sicília é considerada o berço da criminalidade organizada do tipo mafiosa, desde os primórdios da “Cosa Nostra”, passando pela histórica investigação do “Maxi Processo” até seu desenvolvimento em organizações criminosas transacionais, que operam suas atividades criminosas ao redor do mundo. 

As visitas complementam instrutivamente as aulas com informações sobre: a história da investigação do “Maxi Processo”; o sistema italiano de prevenção à lavagem de dinheiro; como a polícia e o MP italiano são estruturados e se relacionam institucionalmente para investigar essas organizações criminosas. 

O módulo sobre persecução patrimonial aos proventos criminosos angariados pelas máfias conta com substanciosa aula do procurador “Anti-Máfia” da região de Palermo. O curso permite conhecer a fundo o sistema organizacional das máfias italianas, a forma de atuação da Procuradoria Especializada Anti-Máfia e a dura trajetória dos magistrados Giovanni Falcone e Paolo Borsellino no combate ao crime organizado.