12:14h • 20 de Agosto de 2018
Alterar Senha
Esqueci minha Senha

Notícias

Presidente da APMP prestigia posse do procurador-geral de Justiça do MPPR

Ivonei Sfoggia foi empossado na última segunda (09)

10/04/2018

Na última segunda-feira, 09 de abril, o presidente da APMP, Cláudio Franco Felix, prestigiou a posse de Ivonei Sfoggia, procurador de Justiça, que assumiu sua segunda gestão consecutiva como procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Paraná (MPPR), para o biênio 2018-2020. A solenidade ocorreu em sessão extraordinária do Colégio de Procuradores, no auditório da instituição em Curitiba, e foi prestigiada por integrantes da instituição e autoridades dos três Poderes do Estado, além de familiares do procurador-geral.

Além do presidente da APMP, compuseram a mesa de abertura da cerimônia Cida Borghetti, governadora do Paraná; o deputado Ademar Traiano, presidente da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep); Beto Richa, ex-governador do Paraná; o desembargador Renato Braga Bettega, presidente do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR); o conselheiro José Durval Mattos do Amaral, presidente do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR); Eduardo Pião Ortiz Abraão, defensor público-geral do Paraná e José Augusto Araújo de Noronha, presidente da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Paraná.

Na ocasião, o presidente da APMP saudou o procurador-geral de Justiça em nome da entidade e destacou a expressiva votação obtida por Ivonei na eleição (com 85% dos votos), atribuindo esse número ao fato dele possuir “as qualidades de um líder da instituição” e “inquestionável legitimidade”.

Ainda, Cláudio destacou a importância do governador do Estado ter nomeado o candidato mais votado - o presidente protocolizou, no dia 20 de março, ofício junto ao governo estadual com uma reinvindicação para o governador fizesse tal escolha, veja aqui na íntegra.

Em continuidade, o presidente da Associação afirmou “Nosso desejo e nossa luta são para que possamos ter, em breve, eleições diretas para o cargo de procurador-geral de Justiça. Enquanto essa alteração não ocorrer, é importante contarmos com o espírito público e o respeito institucional por parte dos governadores dos estados”.

Felix falou também sobre os desafios que o procurador-geral tem pela frente, considerando principalmente os ataques que o Ministério Público tem sofrido recentemente: “com a divulgação de informações que induzem em erro a população e com a apresentação de projetos de lei que buscam a todo custo atacar direitos, garantias e prerrogativas, que buscam, enfim, diminuir a efetividade do MP”. Lembrou ainda que o trabalho realizado pelo procurador-geral, ao lado das entidades de classe, se faz presente em discussões em Brasília sobre caminhos que possam “dificultar ou impedir a aprovação de Projetos de Leis que nos impeçam de atuar livremente”.

Para encerrar seu discurso, Cláudio externou a necessidade de fortalecimento da união institucional e, em nome da APMP, manifestou apoio à gestão que se inicia: “A associação Paranaense do Ministério Público confia na seriedade de vossa excelência e no seu compromisso de sempre proporcionar melhores condições para que os membros do MP continuem exercendo com eficiência as suas funções.” 

 

Confira aqui como foi a cerimônia.

 

 

Com Informações: MPPR

Fotos: MPPR